“O que é Privilégio”? Ou, há mesmo “meritocracia”? (Vídeo)

Abaixo a tradução do teste:

Quantos passos você daria a frente? Como se sente vendo pessoas que se esforçam muito menos a sua frente? E como você se sente vendo que existem pessoas que ficaram atrás de você?

1. Se seus pais trabalharam noites e fins de semana para sustentar sua família, dê um passo para trás.
2. Se você é capaz de mover-se pelo do mundo sem medo de abuso sexual, dê um passo a frente.
3. Se você pode mostrar afeição pelo seu par romântico em público sem medo de ser ridicularizado ou violentado, dê um passo a frente.
4. Se você já foi diagnosticado como portador de alguma doença/limitação mental ou física, dê um passo para trás.
5. Se a língua principal falada na casa em que você cresceu não foi português, dê um passo para trás.
6. Se você veio de um ambiente familiar que lhe deu apoio constante, dê um passo a frente.
7. Se você já tentou mudar sua fala ou manerismos para ganhar credibilidade, dê um passo para trás.
8. Se você pode ir a qualquer lugar no país, e facilmente encontra os produtos e cosméticos apropriados para a sua cor de pele e cabelo, dê um passo a frente.
9. Se você já se sentiu envergonhado por causa das suas roupas ou casa na sua infância ou adolescência, dê um passo para trás.
10. Se você pode cometer erros e não ter seu comportamento atribuído a falhas da sua raça ou gênero, dê um passo a frente.
11. Se você pode casar-se legalmente com a pessoa que você ama, independentemente do lugar onde você mora, dê um passo a frente.
12. Se você nasceu no Brasil, dê um passo a frente.
13. Se você ou seus pais já passaram por divórcio, dê um passo para trás.
14. Se você tinha acesso adequado a comidas saudáveis na sua infância e adolescência, dê um passo a frente.
15. Se você tem uma razoável certeza que seria contratado para um trabalho baseado nas suas habilidades e qualificações, dê um passo a frente.
16. Se você não pensaria duas vezes antes de ligar para a polícia quando tem um problema, dê um passo a frente.
17. Se você pode consultar um médico sempre que julgar necessário, dê um passo a frente.
18. Se você se sente confortável sendo emocionalmente espressivo/aberto, dê um passo a frente.
19. Se você alguma vez já foi a única pessoa da sua raça/gênero/status econômico/orientação sexual em uma sala de aula ou ambiente de trabalho, dê um passo para trás.
20. Se você já fez empréstimos ou financiamentos para pagar por sua educação, dê um passo para trás.
21. Se suas celebrações religiosas tem feriados nacionais, dê um passo para frente.
22. Se você trabalhava durante o ensino médio ou faculdade, dê um passo para trás.
23. Se você se sente confortável voltando para casa a pé, sem companhia, a noite, dê um passo para frente.
24. Se você já fez alguma viagem para o exterior, dê um passo a frente.
25. Se você já sentiu que NÃO existe, na mídia, uma representação adequada ou precisa do seu grupo racial, orientação sexual, gênero ou deficiência, dê um passo para trás.
26. Se você tem certeza que seus pais seriam capazes de lhe auxiliar financeiramente se você estivesse passando por dificuldades financeiras, dê um passo a frente.
27. Se você já sofreu bullying ou foi ridicularizado por causa de algo que você não pode mudar, dê um passo para trás.
28. Se haviam mais de 50 livros na casa onde você cresceu, dê um passo para frente.
29. Se você estudou a cultura ou história de seus ancestrais na escola, dê um passo a frente.
30. Se seus pais ou tutores frequentaram a faculdade, dê um passo a frente.
31. Se você já saiu de férias com a família, dê um passo à frente.
32. Se você pode comprar roupas novas ou jantar fora quando você quer, dê um passo a frente.
33. Se você já teve um trabalho oferecido a você por causa de uma amizade ou membro da família, dê um passo a frente.
34. Se algum de seus pais já foi demitido ou ficou desempregado sem decisão própria, dê um passo para trás.
35. Se você já se sentiu desconfortável com uma piada ou comentário relacionado à sua raça, etnia, gênero, aparência, ou orientação sexual, mas se sentiu inseguro para confrontar a situação, dê um passo para trás.

Quantos passos você deu?

Agradeço ao Felipe Moura pela dica e pela tradução (o original foi adaptado).

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Direito Constitucional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s